Mestre Ilídio Carrapeto


Conhecido na UITI como “O Mestre” Ilídio Carrapeto nasceu a 12 de Julho de 1928. O desafio da construção de um barco proposto pela revista juvenil “O Mosquito” fez com que, aos 14 anos, abraçasse a construção de miniaturas de embarcações como passatempo.

Mas foi só após a sua aposentação, aos 59 anos, que conseguiu o tempo necessário para se dedicar, a fundo, à investigação bibliográfica, desenvolvendo-a a par do modelismo naval. Foi nessa época, mais precisamente em 1987, que ingressou na Universidade Internacional para a Terceira Idade (UITI), para estudar Artes Decorativas e Barro. O reitor daquela instituição, Herberto de Miranda, convidou Ilídio Carapeto a partilhar saberes, tornando-se docente, cargo que ainda hoje ocupa na UITI.



É um excelente mestre e um dos professor mais antigos da UITI… todos são unanimes em afirmar que o Mestre sabe o que está a ensinar, para além de ser uma excelente pessoa tem uma força e determinação que lhe são patentes.

Das mãos de Ilídio Carapeto saem autênticas obras de arte, finamente talhadas em madeira e outros materiais. A minúcia com que reproduz os mais pequenos pormenores dos modelos de embarcações que constrói é tão notável, como a forma como se entrega ao estudo e pesquisa da história da navegação, com o fim de obter os dados técnicos que credibilizam as suas réplicas.

O artesão foi distinguido com o Diploma de Mestre de Arte em Madeira, Escultura, Talha e Miniaturas de Embarcações. Graças à sua “Colecção de Pirogas do Mundo”, considerada única pelos entendidos, tendo ainda sido agraciado, em 2009, com a Medalha de Mérito Cultural do Município de Cascais.”

Fotografias: Miguel S. Cardoso